26 de outubro: Dia da Biblioteca Escolar na escola sede

O dia 26 de outubro não podia ser esquecido. Foi o dia da Biblioteca Escolar.
Este dia foi preenchido com a participação da comunidade educativa. Assim, 13 idosos do Lar S. Francisco, deslocaram-se à nossa Biblioteca para uma partilha de atividades com os nossos alunos.
Iniciamos, então, com a leitura de dois poemas de autores vimaranenses, declamados pelos idosos e pelos nossos alunos.

Estava eu à janela                                                          Vindima
Estava eu à janela                                                              Pisadas no lagar
Queria ver-te passar                                                          Homens de pés descalços
Para te poder olhar.                                                           chafurdam entre bagos
Já passaram tantas horas                                                    e gritos de alegria                                      
E eu cansada de esperar…                                                  Paira no ar, um néctar a Baco.
Eu perdi de trabalhar
E nunca te vi passar…                                                         Todos à pisada…
Acabei por desistir                                                              Música não falta,
Fui para a cama dormir.                                                      Vem mais uma leva
                                                                                 cestos carregados d´uvas saborosas
Já ia a meio do sono                                                             logo feitas vinho.
Senti alguém a bater:
Um toquesinho suave,                                                          À luz da candeia, figuras Dantescas
Pedindo que fosse ver.                                                         pulam e dançam, bailados estranhos,
                                                                                Vai uma copada, p´ra alegrar o grupo                                                                                                      
                                                                               E os pés vermelhos, são as alavancas
Logo perguntei: quem é?                                                      Que giram sem parar.
-Sou eu, um principesinho
Que se enganou no caminho…                                               Hoje aqui, amanhã acolá
                                                                                Todos são p´ra todos, que vinho é riqueza
Mas agora que cheguei                                                          traz a alma alegre, afasta a tristeza
Quero sentir a meu lado
A filha do nosso rei:                                                               E todos os anos, era sempre assim
-A mulher que sempre amei                                                   festas em lagares, festa em Ferreirim.
E que nunca esquecerei…

Ermelinda Cardoso                                                            Fernando Lopo Xavier

De seguida, passou-se a uma sessão de pintura: os idosos pintaram uma tela para oferecerem à nossa escola e os nossos alunos pintaram outra para oferecer ao Lar S. Francisco. O resultado final foi este:

                                                       
O quadro pintado pelos alunos…

O quadro pelos idosos do Lar S. Francisco…

Uma partilha fantástica!

Por fim, houve um lanche onde todos confraternizara. Foi um dia inesquecível. Nada melhor para comemorar o Dia da Biblioteca!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *