O Menino Gil faz anos…

Corria pelas ruas estreitas do burgo Vimaranense aí por finais do séc. XV.
Levava no saco de pano dúzia e meia de obras criadas e trabalhadas com dedicação, por seu pai, mestre ourives, com oficina ali para os lados de Urgezes.
O menino Gil entregava o saco na casa do contraste, na rua da Tulha e, enquanto avaliava o trabalho e lhe apunham a marca, ele corria à Praça Maior, vulgo de Santa Maria de Guimarães, para ver as piroetas e gaifonas que os funâmbulos e músicos galegos apresentavam ao povo. 
Sonoras gargalhadas se ouviam no enfiamento das ruas, despertando a curiosidade dos distraídos.
Foi desta forma que o menino Gil cresceu e se transformou no Mestre da Palavra e da sátira social, da folia e da crítica de costumes.
Construiu e representou fabulosos Autos que chegaram aos nossos dias…
Ele é, sem dúvida, o nosso maior mestre e autor de teatro em Língua Portuguesa. 
Atualmente está já a comemorar os  550 anos do seu nascimento.
Na Semana da Leitura, Abação não podia deixar passar em vão esta efeméride. Assim, convidamos o professor e grande artista Fernando Capela Miguel, apaixonado desde menino por Gil Vicente, para nos falar, representar e contar a vida e obra do autor.
As turmas de 9º ano serão as privilegiadas para assistir a esta prelação única…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *