Ilustrações “Um novo normal – perceções dos nossos dias”

Book titled 'UM NOVO NORMAL PERCEÇÕES DOS NOSSOS DIAS'Read this book made on StoryJumper

Dia Mundial da Poesia

O Dia Mundial da Poesia comemora-se anualmente a 21 de março. 

Este dia pretende salientar a importância da poesia enquanto manifestação artística comum a toda a Humanidade. Celebra-se também a criatividade, a pluralidade linguística e cultural e promove-se o ensino e declamação de poesia.

A data foi implementada na 30.ª Conferência Geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), em 1999.

Não sei por onde vamos, não sei para onde vamos, SEI que não podemos ir sem POESIA!

O Monstro das Cores

Esta é uma história muito bonita…

A Fátima, uma aluna do 3º ciclo do nosso Agrupamento, está a ter aulas na biblioteca escola. Durante o dia, muitas são as aulas a que tem de assistir…muitas são as horas em frente a um computador. No entanto, a Fátima quis partilhar uma história connosco. Assim, durante os intervalos, tirou um livro da estante (e não foi um livro qualquer) e contou-nos uma história que fala das emoções. “O Monstro das Cores” explica as emoções às crianças através das cores. A personagem principal é um monstro que muda de cor consoante o que está a sentir. Ele não percebe porque muda de cor e a sua amiga, a menina, explica-lhe o que significa estar triste, estar alegre, ter medo, estar calmo e sentir raiva.

Obrigada Fátima por este momento…

Estrelas d´Encantar

O trabalho presencial da Equipa da Biblioteca com os alunos do Centro de Apoio à Aprendizagem (CAA) continua e está a dar excelentes frutos.

Este vídeo mostra uma parte do trabalho que está a ser feito.

Leitura de Todos para Todos – Leituras em família

A leitura em família no nosso Agrupamento continua ativa e envolve muito mais do que a troca de conhecimento, tem a ver com aproximação entre pais e filhos. Dedicar um tempo para criar essa conexão, além de fazer os pequenos se sentirem mais acarinhados e protegidos, é capaz de despertar o gosto pela leitura para o resto da vida. O contacto com a literatura desde cedo desperta a imaginação e a curiosidade, amplia a visão de mundo, favorece a compreensão de escrita e fluência da língua.

Fica aqui mais uma história… mais uma “conexão” entre mãe e filha!

Observatório MUNICIPAL Jequié - de Ação Social: FÁBULAS DE ESOPO - O corvo  e a raposa

Uma história sobre vaidade! Fiquem atentos!