QUIZ LITERÁRIO “a LER nos entendemos”

Gostas de ler?

Queres testar os teus conhecimentos e receber um prémio?

Então, este desafio é para ti!

Esta é uma iniciativa da Biblioteca Municipal Raul Brandão em colaboração com as Bibliotecas Escolares.

Consulta o folheto que se segue e, se tiveres dúvidas, informa-te na tua Biblioteca Escolar!

Participa!

Leitura de Todos para Todos – Leituras em Família

Nada melhor para comemorar o Dia Internacional do Livro Infantil do que partilhar uma nova história em família. Desta vez, mãe e filha da Escola Básica de S. Faustino presentearam-nos com um bonito conto “De que cor é um beijinho?” de Rocio Bonilla.

Um livro ternamente ilustrado que percorre um mundo de emoções à procura da cor de um beijinho.
De que cor é um beijinho, afinal?
Ao longo das páginas, Mónica vai tentar descobrir e fazer divertidas associações nas quais todas as crianças se poderão rever.
Um álbum para ler e contemplar.

Wook.pt - De Que Cor É um Beijinho?

Feliz dia! Leiam MUITO!

Dia Internacional do Livro Infantil

O Dia Internacional do Livro Infantil assinala, a 2 de abril, a data do nascimento de Hans Christian Andersen.

Este ano, a mensagem do International Board of Books for Young People (IBBY) de 2021 é da responsabilidade dos Estados Unidos da América, com autoria da escritora cubano-americana Margarita Engle. O cartaz português que assinala este dia pertence a Bernardo P. Carvalho e é inspirado no verso «Quando lemos, crescem-nos asas na mente», do poema, traduzido para português “A música das palavras” de Margarita Engle.

Para celebrar o Dia do Livro Infantil, Pedro Seromenho partilhou connosco a leitura de A Cegonha Preta, um micro-conto inédito.

Visita a página do PNL onde encontrarás sugestões muito interessantes!

Dia Mundial da Poesia

O Dia Mundial da Poesia comemora-se anualmente a 21 de março. 

Este dia pretende salientar a importância da poesia enquanto manifestação artística comum a toda a Humanidade. Celebra-se também a criatividade, a pluralidade linguística e cultural e promove-se o ensino e declamação de poesia.

A data foi implementada na 30.ª Conferência Geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), em 1999.

Não sei por onde vamos, não sei para onde vamos, SEI que não podemos ir sem POESIA!